Para se realizar na plenitude dos tempos: instaurar todas as coisas em Cristo. (Cf. Ef 1,3-14)

Deus olha a história à luz da eternidade:
vê as criaturas como filhos de Deus no Filho,
os pecadores como santos e irrepreensíveis no sangue de Cristo,
os desgraçados como agraciados pelo seu Espírito!
A profecia e o apostolado colaboram neste projeto eterno
de instaurar tudo e todos na Trindade pela porta de Jesus!
Por isso, a missão é tão urgente para a salvação da história!

A urgência da missão tem feito surgir na Igreja
milícias espirituais, movimentos, associações…
para que tudo seja instaurado em Cristo!
A pressa e a impaciência leva alguns grupos à impaciência,
à estratégia atemorizadora, ao fundamentalismo agressivo…
ou ao desânimo perante o pouco fruto e a resistência!
Quem quer anunciar Cristo como salvador,
deve seguir a sua via de pobreza, de humildade, de mansidão,
de paciência, de testemunho comunitário e eclesial!

Senhor, louvado sejas pelos grandes projetos que tendes para nós!
Bendito sejas pelo teu Filho, Jesus Cristo,
e pelo dom do teu Espírito, luz na via do amor!
Obrigado porque nos escolhestes desde a eternidade
para sermos santos e colaboradores nesta bela missão
de instaurar todos na comunhão com Deus, por Jesus Cristo!
Ajuda-nos a ser missionários em Igreja,
segundo o espírito das Bem-aventuranças!

 

Pe. José Augusto

Comentários

Comentários