Ao ouvir dizer que era Jesus de Nazaré que passava, começou a gritar: «Jesus, Filho de David, tem piedade de mim». (cf. Mc 10,46-52)
Jesus é Deus que peregrina pelos nossos caminhos.
Uns têm a graça de O ver e ouvir e seguem-nO,
outros estão cegos à beira do caminho a pedir esmola!
São os que vêem que devem anunciar aos cegos
que Jesus, o Messias, está a passar e a distribuir misericórdia!
Jesus a todos quer salvar, curando-nos a cegueira,
para que O possamos seguir e tornar-nos também missionários!
O anúncio de Jesus gera a fé, a fé permite a cura e o perdão,
o encontro com Cristo gera seguimento e missão!
A Igreja é o Corpo de Cristo ressuscitado
a peregrinar nos caminhos de toda a humanidade.
Há muito cego, parado no meio do caminho,
que deseja ver a Deus e encontrar a luz da esperança.
É quem vê e escuta Jesus como salvador, que O deve anunciar!
Como podem acreditar se nós falarmos apenas para dentro?
Por isso, a Igreja deve estar sempre atenta aos cegos na fé,
em missão de anúncio e de encorajamento,
disponíveis para acompanha-los até junto de Cristo!
A conversão, a fé, o seguimento e o testemunho
são dons que brotam do encontro com Cristo!
Senhor Jesus, Emanuel que estás no meio de nós,
cura-nos e faz que Te vejamos, escutemos e sigamos!
Envia-nos o teu Espírito e dá-nos o dom da fidelidade,
para que seguindo-Te, Te anunciemos como Messias,
com palavras e obras, alegria, audácia e coerência.
Que eu não faça parte dos que impedem as pessoas
de se rezar e de se encontrar com Cristo!
Ajuda-me a ser dos anunciam, animam, acompanham
e conduzem os cegos de fé a encontrarem-se com o Salvador! 
Pe. José Augusto

Comentários

Comentários