34º Domingo do Tempo Comum

Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo

É por ti que dizes que sou rei, ou foram outros que to disseram de Mim? (cf. Jo 18,33b-37)
Jesus é rei, não apenas do que é perecível,
mas, acima de tudo, do que é verdadeiro e eterno.
Veio ao mundo, não para conquistar poder, pois tudo lhe pertence,
mas para dar testemunho da verdade e nos libertar da mentira.
Quem O escuta e O segue, faz parte do seu reino libertador,
constrói pontes de comunhão, faz do quotidiano um templo de louvor,
alimenta-se do pão da vida e jejua do pão da avareza e da violência,
semeia fraternidade e serve a misericórdia com alegria!
Estamos no final de mais um ano litúrgico, guiados por S. Marcos.
Nesta caminhada anual, fomos ouvintes do evangelho
e deixámo-nos iluminar pelo Sol da justiça
ou cumprimos relógio, mas estamos no mesmo sítio?
Falamos do que outros nos disseram sobre Jesus,
ou do que sentimos, assumimos e vivemos no encontro com Cristo?
Foi mais um tempo de paciência de Jesus e de sementeira do bem,
que nos aproximou ou afastou do reinado de Cristo?
Senhor, Rei que serve como missão redentora,
toma conta da nossa vida e vive em nós com a tua santidade!
Envia-nos o teu Espírito de discernimento e aumenta a nossa fé,
para que demos testemunho de Ti com fidelidade e alegria,
e continuemos a tua missão de anúncio de esperança e de salvação.
Dá-nos o dom da alegria que serve o cuidado da criação e do irmão
e liberta-nos da miopia que só vê o presente e o poder do instante!
Ajuda-nos, Senhor, a crescer em Ti, para que sejas tudo em nós!

Comentários

Comentários