4º Domingo da Páscoa – Bom Pastor, Dia Mundial de Oração pelas Vocações

Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me. (cf. Jo 10,27-30)

Jesus é o Cordeiro que revela Deus-Pastor!
É o Cordeiro porque segue o Pai, Bom-Pastor.
É o Cordeiro porque, sendo Filho, se faz cordeiro manso e amigo,
próximo e voz do Bom Pastor, que dá a vida pelas suas ovelhas!
É o Cordeiro que vai à frente do rebanho, como Mestre,
e nos desafia a ser cordeiros à sua imagem e seguimento.
Que Cordeiro tão frágil e de coração tão grande,
cuja palavra é vida e luz, que a todos nos purifica,
e nos faz ver o valor que no quotidiano se esconde!
O Senhor continua a chamar vocações de especial consagração:
monges, frades, irmãs, leigos consagrados, sacerdotes, missionários…
São vidas de cordeiro obediente que se tornam bons pastores,
num mundo inquieto e a grande velocidade,
que corre à volta de si, correndo o risco de se aniquilar!
São opções de vida alternativa, que transfiguram o sentido
e mostram a liberdade possível a servir com alegria!
É aprender com o Cordeiro a fazer a diferença no rebanho,
não pelo vestir, nem pela aparência, nem pela ausência,
mas pelo olhar, pelo sentir, pelo amar e pelo acreditar!
É necessário um excesso de contemplar o Cordeiro,
no meio de tantos programas de distração a passar!
Senhor, Bom Pastor, ontem, hoje e para sempre,
obrigado pelo teu cuidado paciente e misericordioso.
Cristo, Cordeiro de Deus, que é o rosto humano do Bom Pastor,
abre o nosso coração à Palavra que nos ama e ilumina,
para que não nos cansemos em vão
nem esqueçamos o irmão, nesta sagrada peregrinação!
Obrigado porque me chamaste a ser servo da missão
e colocaste o tesouro do teu Evangelho neste barro frágil,
que é a minha vida, nem sempre a retransmitir o teu programa!
Dá força e entusiasmo aqueles que chamas a seguir-Te,
numa vida consagrada ao teu Evangelho e à tua Igreja,
para que saibam dizer sim e a serem fieis ao teu chamamento!
Pe. José Augusto 

Comentários

Comentários