5º Domingo da Páscoa – Dia da Mãe

Então vos tornareis meus discípulos. (cf. Jo 15,1-8)

O Pai é o agricultor dum povo que chamou à vida pela aliança.

Fez de Israel um viveiro de esperança, buscando frutos novos.

Não os encontrando, não desistiu de amar a sua vinha!

Por fim, enviou o seu Filho, artista da misericórdia como o Pai,

a ser cepa nova e resistente ao mal, onde todos se podem enxertar.

Já não é uma vinha circunscrita a um lugar ou a um povo,

mas que, onde quer que esteja, está enraizada no Filho,

alimenta-se da sua seiva e do seu Espírito, em família de irmãos,

deixa-se podar e purificar pelo projeto do Pai

e dá frutos de vida, de amor e de paz, glorificando o Agricultor.

Tornar-se discípulo de Jesus é um processo de crescimento

até à estatura de Cristo, feita de etapas avaliada pelos frutos.

Alguns dizem-se cristãos pelo curriculum que apresentam:

fui batizado, andei na catequese, fiz a 1ª comunhão e o crisma,

andei no grupo de jovens, fui acólito, casei na Igreja, consagrei-me…

E agora o que é? Pedra viva da Igreja ou parte de outras construções?

Vive como discípulo de Jesus ou segue outros mestres?

Deixa-se podar pela conversão ou deixa crescer tudo?

Onde quer que esteja dá frutos de Cristo

ou veste-se de cristão no domingo e de corrupto na semana?

Pai de bondade eterna e agricultor de vinhas gostosas e generosas,

obrigado porque nos criaste fecundos e com capacidade de amar.

Jesus, vide nova e concretização do sonho florido do Pai,

obrigado porque nos acolhes sempre e nos ofereces vida nova

pela Palavra misericordiosa e pelos sacramentos da nossa salvação.

Liberta-nos da mediocridade duma vida enfolhada e sem frutos.

Cura-nos duma liberdade bandeirante que tudo quer experimentar.

Envia-nos o teu Espírito de verdade e de amor

e faz-nos sonhar grande na humildade generosa,

para que, alimentados com o tua seiva e podados do mal,

possamos dar frutos que gerem vida em abundância

e atraiam outros para se enxertarem em Ti, Cepa da eternidade.

Pe. José Augusto

5º Domingo da Páscoa – Dia da Mãe

5º Domingo da Páscoa – Dia da Mãe

 

Comentários

Comentários