15-08-2010 em Sandomil

Como Pároco desta comunidade e em nome de Deus, Senhor e Juiz da História e das vitimas dos incêndios, deixo aqui um apelo aos incendiários por acção ou por negligencia: parem a sua acção criminosa, ponham a mão na consciência e respeitem este Ethos global que é de todos e de cada um nós.

Os incêndios são atentados contra as pessoas, as famílias, os seus bens o bem comum, são uma guerra destruidora.

Agradeço à Mãe de Deus, sob o titulo de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, pois foi precisamente no momento em que a sua imagem chegava a capelinha das aparições na procissão do silêncio que a Protecção Civil declarava o incêndio como controlado.

Em silêncio façamos a nossa consagração ao Imaculado Coração de Maria.

Comentários

Comentários