Centenário das Aparições

 

Com a presença do Papa

Celebrando o centenário

Das grandes aparições

Vou falar deste cenário

Repleto de fé e emoções.

 

Este centenário abençoado

No dia que é treze de maio

Expressando algo sagrado

Canta-se com terna alegria

Com as velas, em procissão

Neste local da Cova da Iria.

 

Recinto por Deus abençoado

Tem a expressão de alegria

Recorda, em cada aparição

A terna presença de Maria

Acolhendo-a com devoção.

 

Neste ano extraordinário

Foi em Fátima, Portugal

No hoje, que é centenário

Celebramos, com devoção

A santidade dos pastorinhos

Com a solene canonização.

 

Com os tradicionais cantares

Na missa, o Papa Francisco

E no recinto assim abençoado

Olhou a concentrada multidão

Declarou santos os pequenitos

Simples, inocentes de coração.

 

Com tantos prodígios divinos

Foram as crianças abençoadas

Enviando mensagens sentidas 

Para que o mundo em guerra

Mudasse, de rumo, as vidas.

 

Maria, como nossa terna mãe

Pedindo a paz para o mundo

Mandou a todos o terço rezar

Com muito fervor, no coração

E, assim, para a guerra acabar.

Rezassem com amor-devoção.

 

E, hoje, muita gente assim o faz

Permanece a promessa-tradição

Pelos que buscam, no caminhar

Muita fé e confiança de coração

E a bênção de Maria a encorajar.

 

Irmã Gracinda Martins

 

Pinhel – 2017

Comentários

Comentários