D. Albino Cleto, faleceu esta sexta-feira, nos Hospitais da Universidade de Coimbra, tanto quanto se sabe “devido a problemas relacionados com o coração”.

O Bispo de Coimbra (D. Virgílio Antunes) manifestou já a grande importância de D. Albino dizendo:  “foi um homem muito marcante sobretudo pela sua capacidade de encontro, de diálogo, de convívio com as pessoas, pela sua amizade, pela sua proximidade, pela sua simplicidade”.

Recorde-se que D. Albino Cleto, era natural de Manteigas(Diocese da Guarda), onde residiu desde a entrada do novo Bispo de Coimbra.

Por sua vez D. Manuel Felício (Bispo da Guarda) já teve em Manteigas e estará desde já em Coimbra para participar na totalidade das cerimonias.

O corpo do Bispo Emérito de Coimbra encontra-se na Sé Nova desta cidade, para ser velado, até cerca das 14:00h de segunda-feira.

A missa exequial que será presidida (segundo o Cerimonial dos Bispos) pelo presidente da Conferencia Episcopal ou pelo Metrolita em Coimbra pelas 11:00h de segunda-feira na Sé Nova em Coimbra.

Por sua vez em Manteigas as celebrações exequiais têm lugar pelas 17:00h na Igreja de São Pedro (oficio e missa) seguindo a sepultura no cemitério local presididas por D. Manuel Felício.

Comentários

Comentários