Deserto quaresmal

Estamos em tempo de quaresma

A viver e a assumir desilusões

Como Jesus que, no deserto,

Que quis sujeitar-se às tentações

Foi tentado como todos nós

Connosco quer partilhar a vida

E nunca nos larga ou deixa sós.

Experimenta a nossa condição

Caminha sempre a nosso lado

Assumiu-se homem igual a nós

Menos no erro, no mal, no pecado

Acompanha os nossos desertos

Para que não os prossigamos sós

Com os passos decisivos e certos.

Irmã Gracinda

Pinhel – 2015

Comentários

Comentários