Fátima Jovem realizou-se nos dias 4 e 5 de maio em Fátima, onde os jovens da Guarda estiveram presentes.

Partimos do Fundão com o espírito de querer seguir Jesus Cristo e confiar nele, não só através de oração mas também através de músicas, animação principal do autocarro.

Quando chegámos à Casa de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, casa que nos acolheu, realizou-se a eucaristia presidida pelo Rev. Bispo da Guarda, D. Manuel Felício. Logo a seguir, realizamos um almoço convívio, onde reinou a boa disposição e a capacidade de partilha.

À tarde, realizamos diversos workshops pela cidade inteira de diversos temas. O workshop em que participei era sobre o tema da Igreja Ecuménica. Seguidamente, reunimo-nos na praça Luís Kondor, onde o padre Omar, responsável pelo Cristo Redentor apresentou a música do Fátima Jovem. Foi em ambiente de festa, que realizámos uma caminhada até à Capelinha das Aparições onde realizámos uma oração a Maria. Durante o percurso, as diversas “claques” iam-se manifestando, mas nós gritávamos mais forte “GUARDA”! Às 6 da tarde realizou-se no centro pastoral Paulo VI, o concerto do padre Omar. Cantámos o hino das Jornadas Mundiais da Juventude que se iram realizar no Rio de Janeiro de 23 a 28 de Julho.

Às 9 e 30 da noite, realizou-se o Rosário e de seguida de procissão das velas. Logo a seguir, a Vigília Pascal na Igreja da Santíssima Trindade. Às 24h realizou-se um concerto do grupo “Música com Alegria”, que no meu entender foi o ponto alto do Fátima Jovem.

No dia seguinte, realizou-se a habitual missa e o regresso a casa dos milhares de jovens.

O tema do Fátima Jovem era “Ide e fazei discípulos” e penso que isso ficou bem organizado nas nossas cabeças. Viemos de lá outras pessoas, mais certos de que seguir Jesus Cristo é o melhor caminho. Esperemos voltar para o ano.

Cumprimentos,

Diogo Gavinhos, Arciprestado do Fundão

Foto: DPJG

Comentários

Comentários