HOMENAGEM AO PADRE CASIMIRO MENDES SERRA

Numa tarde de Novembro cinzenta, repleta de nevoeiro, chuva e folhas outonais, com a bênção de Todos os Santos e as saudades dos Fiéis Defuntos, decorreu na Igreja Matriz do Souto da Casa a homenagem aos cinquenta anos de sacerdócio do Padre Casimiro Mendes Serra, conjuntamente com as Paróquias de Aldeia de Joanes, Aldeia Nova do Cabo, Telhado, Enxabarda e Freixial.

A escolha do local foi oportuna porque o Padre Casimiro Serra é neste momento “in solidium” com o Padre José Luís Farinha, titular do cargo daquelas paróquias.

Ordenado em Agosto de 1968, iniciou funções paroquiais na freguesia da Orca e Mata da Rainha, dando aulas no Colégio de Santiago em Alpedrinha.

Com formação em Filologia pela Universidade de Coimbra, entrou nos quadros de ensino da Escola Secundária do Fundão, sendo também Professor no Seminário Menor do Fundão.

Durante trinta anos esteve em missão pastoral nas Paróquias de Aldeia de Joanes e Aldeia Nova do Cabo.

As gentes do Souto da Casa abrilhantaram a coxia central da Igreja Matriz com um tapete de flores, desde a entrada principal até ao altar, por onde em cortejo seguiram os celebrantes para a cerimónia religiosa, presidida pelo Bispo Diocesano, ao som dos cânticos do Grupo Coral, constituído por elementos de todas as paróquias.

Também o Agrupamento 1335 do Corpo Nacional de Escutas de Aldeia de Joanes marcou presença.

Antes do início, o Padre José Luís Farinha salientou que todas as paróquias estavam ali numa prova de manifestação e estima pelo Padre Casimiro Mendes Serra, um modelo de vida e de missão.

As palavras de D. Manuel Felício foram principalmente dirigidas ao homenageado, salientou os cinquenta anos de vida dedicada às comunidades, às pessoas que pastoralmente lhe foram confiadas, sem fronteiras. Salientou as funções de professor e de arcipreste de Alpedrinha.

Oportunas as palavras do responsável diocesano, baseadas na mensagem evangélica do dia: que a vida do cristão passa por amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. As vidas das comunidades devem assentar nesta mensagem.

No final, o Padre Casimiro Mendes Serra sublinhou “a gratidão pela vida e chamamento ao ministério sacerdotal”.

No Centro Paroquial do Souto da Casa, decorreu um lanche partilhado, onde se cantaram os parabéns pelo meio século de vida sacerdotal.

Durante mais de vinte anos, em Aldeia de Joanes, percorremos caminhos comuns de Fé, colaborando voluntariamente na Catequese, Irmandade de São Vicente e Almas, na Preparação do Sacramento do Crisma, enquanto Leitor, enquanto membro do Núcleo da Cáritas Paroquial e no Escutismo. Sempre que discordámos fizemo-lo com frontalidade e transparência.

Bem-haja Padre Casimiro Mendes Serra por cinquenta anos de serviço sacerdotal nas comunidades cristãs, que lhe foram confiadas, e no ensino privado e público.

Bem-haja pela oferta da sua disponibilidade para me ajudar em todos os aspectos…

António Alves Fernandes

Aldeia de Joanes

Novembro/2018

Comentários

Comentários