É preciso morrer para viver.

É com muita alegria e paz, que me dirijo a todos vós, nesta Páscoa de 2016.

A Páscoa acontece pelo mistério da ressurreição de Jesus, sentindo a grandeza do Amor Deus e servindo todos os irmãos.

O caminho ressurreição é exigente, mas nele descobrimos uma vida plena e transbordante.

Lembrai-vos: “Quem se mete em atalhos, mete-se em trabalhos”, ou ainda: “o atalho é a distância mais longa entre dois pontos”.

Que Páscoa queremos percorrer? Estamos dispostos a passar do atalho da opressão à via da liberdade, do ruído ao silêncio, do egoísmo à generosidade, do isolamento à companhia, do medo à audácia, da falsidade à verdade, da traição à fidelidade, da guerra à paz, e do conflito ao perdão?

Que todos acolhamos o abraço misericordioso de Deus, o Seu sorriso que nos dá vida e alegria. Partilhemos este caminho com generosidade e consciência.

Uma santa Páscoa para todos vós.

Hugo Martins, padre.

 

 

Mensagem de Páscoa 2016

Mensagem de Páscoa 2016

Comentários

Comentários