Novo lançamento: “Fios da Memória”.

No passado dia 18 do corrente mês, foi o lançamento de mais uma edição da coleção “Fios da Memória, do Gabinete do Património Histórico e Arqueologia da Camara Municipal da Guarda, no qual um livro foi dedicado ao Agrupamento 134 Guarda. A autora decidiu deixar-nos algumas palavras sobre o acontecimento.

“Quando me pediram para escrever esta compilação em Novembro de 2013, tinha muito pouca informação sobre a história do meu agrupamento e um curto período de tempo para pesquisar e compilar em 4 páginas A4, texto tamanho 12. Foi um desafio, que hoje teria feito de modo diferente e teria acrescentado mais ao conteúdo. São tantas as histórias e as estórias que fazem parte dos pilares do agrupamento que é uma pena não estarem relatadas e retratadas, ficará como um desafio pessoal para um futuro próximo a compilação destas estórias e histórias. O nosso maior tesouro está nas pessoas que fazem e fizeram parte do mesmo, que nos têm ajudado a crescer, a inovar, a trazer mais jovens e crianças para o movimento, a não nos queixarmos por falta de trabalho ou por não termos crianças.

Atualmente temos cerca de 70 elementos, temos registado um crescimento anual de 3 a 4 elementos, pode não ser significativo, mas se tivermos em conta o número de elementos que sai porque vai traçar o seu percurso académico longe da cidade, este número significa continuidade e até crescimento.

Este livro é um traço de uma linha que ainda hoje se escreve e continuará a escrever.

Espero que consiga com este pequenino livro aguçar a curiosidade de miúdos e graúdos da cidade da Guarda, para visitarem e ingressarem no movimento.

Agrupamento 134 a escuteirar desde 1959”                                                             

 Catatua Simpática

(Ana Jerónimo)

Comentários

Comentários