“O ESCUTA É ÚTIL E PRATICA DIARIAMENTE UMA BOA AÇÃO.”

Olá a todos.

Há pouco tempo um amigo perguntou-me “Miguel, gostas de escrever?”. O meu primeiro pensamento foi, “O que lhe vou dizer? Nem sei bem o quererá?”, mas depois “Porque não tentar? Até porque é para um amigo…”

É com este mote que me apresento, e apresento um pouco do que vou partilhar hoje. Chamo-me Miguel e sou da zona centro – algures perto de Fátima – sou escuteiro há alguns anos e tive uma atividade de escuteiros na zona de Sandomil – ficamos instalados na casa paroquial. Foi ai que conheci o Hugo. Alguém com quem ando há algum tempo para marcar um café mas que não tem surgido oportunidade.

Falando então da minha partilha, o título com o qual inicio este pequeno texto é a 3a lei do escuta, que fala da partilha, da boa ação e da amizade. Então, o que será isto? Na minha opinião existe uma palavra que poderá juntar as 3 – Voluntariado. Mas o que é isto? Bem, o voluntariado é quando temos um acto de generosidade altruísta para com alguém que nos é ou não próximo.

A verdade é esta, todos os dias se fala de crise, de alguém que foi preso por determinado crime ou de alguma catástrofe, mas de actos de generosidade e bondade para com o próximo poucos são aqueles que falam disso. Não falo de grandes massas mas no simples gesto de acordar de oferecer uma flor à nossa mãe ou à nossa cara-metade. Cumprimentar quem está ao nosso lado e agradecer por mais um dia. Pequenos gestos que podemos fazer voluntariamente e que farão, de certeza, melhor o nosso dia. O voluntariado é isso mesmo. É ser feliz com a felicidade dos outros, ajudar a ser feliz. Pois sempre que fazemos alguém sorrir é uma luz que se acende no seu coração.

Façamos mais por nós e para todos, às vezes é o que o mundo mais precisa, de pequenos actos de generosidade sem pensar. Pois como diz a música “Trazemos porém, este tesouro, em vasos de barro.”

Posto isto queria aqui deixar aqui um pequeno desafio a todos. Gostaria de voltar em breve, não só com partilhas minhas, mas também com sugestões de cada um. Ficarei a aguardar a vossas.

Obrigado pelo bocadinho

Até já

Miguel Lopes

Comentários

Comentários