Partiu o padre Exequiel Marcos.

A notícia da morte do Padre Ezequiel Augusto Marcos chegou num domingo de Março, princípio da Primavera, ele que viveu quase uma centena de primaveras de serviço ao próximo. Embora esperada, a Morte sacode sempre a nosso corpo, sobretudo quando ceifa as pessoas que mais amamos e nos marcaram de forma indelével.

Em 1951 chegou à Bismula de bicicleta e sotaina, com uma boina basca a cobrir-lhe a cabeça. Vinha das terras vizinhas e fronteiriças de Aldeia da Ponte, para cumprir as ordens do seu Bispo Diocesano, deixando a paróquia dos Cótimos (Trancoso). Regressava assim às suas origens.

Com a casa paroquial na Bismula, ali assentou residência, com o múnus pastoral nas paróquias de Badamalos e Vale das Éguas. A sua tia Dona Lucinda acompanhou-o, sendo responsável pela cozinha, limpeza e outros serviços domésticos.

Além das preocupações pastorais, o Padre Ezequiel preocupava-se com o bem-estar social e cultural dos seus paroquianos.

Graças aos seus esforços junto das entidades das comunicações, a Bismula foi das primeiras freguesias do concelho do Sabugal a beneficiar de telefone.

Graças aos seus esforços, funcionou durante quatro anos um Curso de Alfabetização de Adultos, através do qual muitos triunfaram no exame da 4ª classe, feito na sede do concelho. Tinham assim uma grande ferramenta para trabalhar no Estado ou nas empresas.

Graças aos seus esforços, numa aldeia onde faleciam dezenas de crianças e mães e tantas outras pessoas por falta de assistência médica, conseguiu que se deslocasse uma equipa médica uma vez por semana. Não era suficiente para tamanhas necessidades, mas deu para salvar muitas vidas.

Graças aos seus esforços, e com apoio dos familiares do Padre Agostinho Leal de Badamalos, organizava convívios anuais nas margens do Rio Coa, com todos os estudantes de diversas freguesias limítrofes.

Graças à sua ação-missão, constituiu uma equipa de futebol e erigiu um campo de futebol, onde se realizavam jogos entre as aldeias vizinhas. O Padre Ezequiel também jogava e às vezes era árbitro, assim não era fácil chamar nomes feios.

Graças à sua ação-missão, dinamizou o teatro na Bismula. Todos os anos, punha em cena uma peça de cariz patriótico ou religioso, terminando sempre com uma comédia.

Graças à sua ação-missão, a sua bicicleta tornou-se o veículo dos jovens bismulenses. Mais tarde, quando apareceram as motorizadas, os jovens deixavam o Padre Ezequiel junto à casa paroquial. Antes, se a bicicleta avariava, chegava a fazer quilómetros a pé ou a cavalo para chegar às outras paróquias.

Graças à sua ação-missão, pacificou os jovens da Bismula, que andavam sempre em rixas e rivalidades.

Graças à sua ação-missão, muitos jovens de famílias pobres foram estudar para os seminários diocesanos e missionários e muitas raparigas ingressaram na vida religiosa.  

Graças à sua ação-missão, realizavam-se magustos comunitários, em torno dos quais brincavam muitas dezenas de crianças.

Graças à sua ação-missão, aprendi a lidar com as abelhas, a tratar das colmeias, crestá-las a fim de obter o mel. Aprendi a proteger esses maravilhosos insectos trabalhadores; se um dia forem extintos, a humanidade fechará portas.

Graças à sua ação-missão, a sua casa (principalmente o seu escritório do rés-do-chão) tornou-se uma biblioteca pública, onde se podiam ler todos os seus livros e jornais e ouvir rádio, principalmente o relato do seu Sporting. Aliás, sempre que o Sporting ganhava, a tia Dona Lucinda oferecia à rapaziada uns bolos conventuais que fazia no forno a lenha. Como imaginam, não havia criança pobre que não torcesse pela vitória dos leões.  

Graças à sua ação-missão, assistimos a uma via-sacra feita por todo o Povo, que nunca ninguém esquecerá. Recentemente, o Padre Hélder Lopes concretizou algo semelhante em Vilar Maior na Semana Santa.

Graças à sua ação-missão, os meus saudosos Pais, por insistência e apoio do Padre Ezequiel, viajaram para Setúbal, onde encontraram futuro para a família numerosa.

Graças à sua ação-missão, visitou e ajudou paroquianos reclusos em Espanha e muitos outros nas vias dolorosas da emigração.

Graças à sua ação-missão, os diversos movimentos da Ação Católica eram ativos e solidários.

Graças à sua ação-missão, durante os doze anos que paroquiou a Bismula-Badamalos-Vale das Éguas, nunca gozou férias, nunca se ausentou do seu Povo.

Graças à sua ação-missão, as obras realizadas em Vilar Formoso estão à vista e são testemunhos vivos da sua passagem por esta localidade.

Graças à sua ação-missão, o povo saiu da obscuridade para partilhar dores, sofrimentos, tristezas e alegrias, valorizando a solidariedade e a dignidade humana.

Graças à sua ação-missão, muitas centenas e centenas de jovens, nunca o esquecerão, como padre, professor, dinamizador cultural, social e no desporto.

Graças Padre Ezequiel, o seu caminho é uma oração oferecida à Vida.

 

António Alves Fernandes

Aldeia de Joanes

16168293503_c965612518_z

Partiu o padre Exequiel Marcos

 

Comentários

Comentários