O papa iniciou hoje, no Coliseu de Roma, a tradicional Via Sacra, criticando as “múltiplas máscaras da mentira” e as “bajulações do êxito”.

Saudado por milhares de fiéis que seguem o rito empunhando velas, Bento XVI começou a Via Sacra com uma oração em que denunciou, citado pela agência Efe, as “múltiplas máscaras da mentira que ridicularizam a verdade e as bajulações do êxito que sufocam o íntimo apelo da honestidade”.

A Via Sacra percorre o interior do Coliseu – o famoso anfiteatro do imperador Flávio que recorda as penas dos primeiros cristãos – e segue em direção ao Arco de Trajano até terminar na colina do Palatino.

O rito, que reproduz o trajeto seguido por Jesus Cristo até ao Calvário, foi instituído no Coliseu de Roma em 1741 pelo papa Bento XIV. Depois de um interregno de dezenas de anos, voltou a celebrar-se em 1925.

Desde o pontificado de Paulo VI, em 1964, que a Via Sacra do Coliseu de Roma é presidida pelo líder da Igreja Católica.

@Lusa

Comentários

Comentários