S. JOÃO DE DEUS – UM HOMEM MISERICORDIOSO

No dia 8 de Março festejou-se a santidade de S. João de Deus em toda a Igreja, particularmente na Casa de Saúde das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, em Condeixa. É-lhes um Santo muito querido e de grande devoção.

No início da Eucaristia, celebrada pelo Assistente da Casa, Padre Manuel Alves, um elemento da Pastoral da Saúde leu a seguinte mensagem:

“A Igreja celebra hoje a Festividade de S. João de Deus. Temos neste Santo um modelo de Vida e de Testemunho de Fé, em atitudes e obras, para com os doentes e mais necessitados.

Viveu o Amor de Deus ao acolher todos os carentes nos Hospitais, por ele fundados. Sem fundos monetários, saía pelas ruas de Granada apelando à caridade, com a frase “Irmãos fazei o Bem a vós mesmos. A Festa de S. João de Deus interpela-nos a viver o Amor Heróico, na Fé em Jesus Cristo, presente nos doentes que cuidamos. Louvemos o Senhor pela Vida deste Santo, nosso Protector”.

Entrámos nesta Eucaristia com o coração aberto à Graça. Ouvimos o Cântico de Entrada solfejado pelo Grupo Coral, sob orientação da Irmã Maria da Glória_ “cantaremos na Terra como nos Céus/Um Hino de Louvor a São João de Deus/Caminho de Amor/Cantemos a São João de Deus/Caminho de amor./ Dos Hospitais Padroeiro/Dos Enfermeiros também/Com abraço hospitaleiro/Solidariedade contém”.

No Cântico final entoou-se: “Cantai Hinos ao Senhor/Que os seus Santos a Terra faz bela/Em João as riquezas de Amor/ Nos caminhos nos revela./Pai do pobre, irmão do aflito/João acolhe o faminto e o doente/Ao seu Nome chama bendito/Toda a lágrima sente.”

Na parte da tarde, seguiu-se uma Sessão Recreativa, no Auditório de São Bento Menni, com uma surpresa inicial: a presença de um jogral interpretando a vida e a obra de São João de Deus – INSTRUMENTO DE HOSPITALIDADE. A iniciativa foi muito participada pelas Pessoas Assistidas. O Grupo de Danças – AS ANDORINHAS E AS JOANINHAS – encantou a numerosa assistência com as suas danças, vestido a rigor.

Num acto de fraternidade e hospitalidade, todas as Pessoas Assistidas, que fizeram anos em Janeiro e Fevereiro, foram homenageadas; cantaram-lhe os Parabéns e receberam como prenda uma tablete de chocolate para lhes adoçar a boca.

Na parte final, foi apresentado o comboio a apitar, na frente o maquinista, com um sem número de carruagens, dando duas voltas nos corredores, junto ao público presente.

Participaram nesta tarde recreativa, as Pessoas Assistidas das Unidades do Sagrado Coração de Jesus, de Santa Isabel, de São Bento Menni, de S. José, de Santa Cristina, de São Rafael e das irmãs Maria Josefa e Maria Angústias (co-fundadoras da Congregação das Irmãs Hospitaleiras, espalhadas pelo Mundo).

Nesta Casa da Rainha Santa Isabel, em Condeixa-a-Nova, nada é feita ao acaso, ao imprevisto. Todos os eventos, as datas a assinalar, são estudadas e programadas, para o bem e felicidade das Pessoas Assistidas.

Parabéns a todos (as) obreiros (as) desta Instituição Religiosa de fraternidade, de solidariedade e de prática da caridade.

No pano de Fundo do Palco do Auditório, ninguém esquecerá a frase: ”SÃO JOÃO DE DEUS – UM HOMEM MISERICORDIOSO”.

António Alves Fernandes

Aldeia de Joanes

Março/2018

Comentários

Comentários