Disse-lhe Jesus: «Porque Me viste acreditaste: felizes os que acreditam sem terem visto». (cf. Jo 20,19-31)

A misericórdia de Deus é o motor da história.
Apesar das portas fechadas, dos descaminhos da vida,
Deus não desiste, Jesus manifesta-se presente
nas prisões que construímos na nossa própria casa!
A fé vai para além dos milagres, do ver e do tocar,
e até para além dos sinais sacramentais!
A fé é confiar em Deus simplesmente,
estar em comunhão apesar da distância,
comungar Cristo pelo desejo unicamente!

O que sentimos neste tempo de quarentena,
é por um lado a falta que nos faz o outro,
a ausência da comunidade e do abraço…
e é pelo outro, a sensação que estamos no lugar certo,
que afinal temos vizinhos e há pessoas vulneráveis,
e o desejo de mais… de mais proximidade,
de mais liberdade, de mais paz, de mais solidariedade,
de mais gratuitidade, de mais comunhão, de mais vida!
Não será isto um sinal de que Cristo está vivo
e que o essencial não se vê, mas não se apaga em nós?

Meu Senhor e meu Deus, é bom sentir-Te a meu lado
a dar-nos a tua paz, a soprar sobre nós o teu Espírito,
a sermos reenviados como missionário da misericórdia!
Bendito sejas pelo dom da vida e da saúde,
pela força interior que nos dás na luta contra o mal,
pelos amigos desconhecidos que nos sustentam e cuidam com amor!
Aumenta a nossa fé e dá-nos a alegria de acreditar sem ver,
de tocar pelo desejo, de comunicar presença sem abraço,
de revelarmos ao outro que é importante e que faz toda a diferença, 
na incondicionalidade de valer a pena viver!

Padre José Augusto

Link DOMINGO DA PÁSCOA OU DOMINGO DA MISERICÓRDIA

2º DOMINGO DA PÁSCOA OU DOMINGO DA MISERICÓRDIA
DOMINGO DA PÁSCOA OU DOMINGO DA MISERICÓRDIA