Conselho de Guias

O QUE É?

O conselho de guias é o elemento mais importante do Sistema de patrulhas.
É o órgão permanente que, sob a coordenação do chefe, orienta a vida da unidade e onde o guia é efectivamente o responsável da sua patrulha/equipa.
COMPOSIÇÃO:

Chefe de grupo

Chefe de grupo adjunto

Instrutores

Guias

E sub guias, etc…

PERIOCIDADE:

No mínimo de quinze em quinze dias.

COMPETÊNCIAS:

Tratar de assuntos relacionados com o grupo (prémios, louvores,etc…);

Elaborar o plano anual (progresso e actividade: tipo e período) que servirá de base aos outros projectos de patrulha/equipa;

Estimular o lançamento e período de preparação de outros projectos;

Estabelecer a ligação entre o plano anual da unidade e os planos da patrulha/equipa;

Acompanhar a formulação das ideias para as actividades de cada patrulha/equipa;

Tratar de problemas relacionados com a administração do grupo, etc… e outros assuntos relacionados coma as patrulhas/ equipas.

Nota: Os membros do conselho de guias são obrigados ao sigilo, com excepção quanto às decisões que interessam a todo o grupo: nomeações, concursos, etc…

QUEM PRESIDE?
O guia mais velho ou o guia de grupo.

COMO SE DIVIDE QUANTO À SUA FUNÇÃO?

• Tribunal de honra
Funções judiciais (trata de problemas disciplinares)

• Conselho de Guias
Funções executivas (programar actividades e conceder insígnias, louvores, castigos, etc…)

• Patrulha de guias
Funções educativas (preparar os guias para as funções de chefia, e outras funções.

UMA REUNIÃO DO CONSELHO DE GUIAS DEVE TER VÁRIAS FASES:

1. Oração ou uma canção;

2. Umas breves palavras do chefe de grupo;

3. Pontos levantados pelos guias ou sub guias presentes na reunião;

4. Programação de actividades;

5. Assuntos disciplinares (louvores ou castigos)

6. Assuntos burocráticos;

7. Terminar com uma canção ou uma oração.

Continua…

Por: António Bento Duarte

Comentários

Comentários